Março de 2013

M a r ço      D E      2 0 1 3

 

Começam as aulas no Instituto Pio XI

unisal01 200O Centro Universitário Salesiano de São Paulo, Instituto Teológico Pio XI, reiniciou as aulas no início de fevereiro. Três frades da Província Santa Rita de Cássai são alunos na instituição.

 

As aulas no UNISAL - Centro Universitário Salesiano de São Paulo: Instituto Teológico Pio XI, regressaram dia 04 de fevereiro, às 08:15, com uma singela oração de abertura em agradecimento pelo ano letivo, seguido por uma acolhida do corpo docente institucional, e finalizando-se com um coquetel.

 

Neste ano, ingressa-se ao 1º Ano de Teologia: Frei Fabrício Mangifeste Carvalho (ES), que chegou da Colômbia dia 07 de janeiro, e fez sua Profissão Simples em Franca - SP, dia 09 de janeiro. Concluindo o 1º Ano e iniciando-se o 2º Ano de Teologia: Frei Laércio Rodrigues da Cruz (MG) e Frei Magno Anacleto Silva (PE). Rezemos por estes nossos irmãos, para que possam abrir-se e fazer uma formação acadêmica guiados pelas Luzes do Espírito Santo.

 

unisal 640

 Frei Magno, frei Fabrício e frei Laércio

Quem enviou a matéria (foto e texto) foi nosso irmão
Frei Laércio Rodrigues da Cruz OAR, 2º Ano de Teologia

.....................................

 

Reunião da FABRA

fabra logo 200A FABRA – Federação Agostiniana Brasileira se reuniu no dia 5 de março de 2013 para tratar de vários assuntos de interesse comum.

 

A Comissão de Publicações e Espiritualidade informou o seguinte: O Missal Agostiniano já foi distribuído a todos os membros da FABRA. A editora Paulus irá, ainda este ano, editar mais uma obra de Santo Agostinho, título por hora ainda não revelado. O simpósio sobre a Regra de Santo Agostinho, que estava previsto para junho de 2013, foi cancelado e estuda-se a possibilidade de realiza-lo em 2014. O encontro de espiritualidade agostiniana marcado para o dia 26 de outubro de 2013 em São Paulo está aberto a todos os membros da FABRA.

 

A Comissão de Colégios informou que dois encontros são promovidos todos os anos. Neste ano serão nos dia 19 e 20 de março em Vitória. O encontro, de diretores dos colégios e diretores pedagógicos, terá como tema Redes Sociais e WEB nos colégios. O segundo encontro será no mês de outubro e dele participarão diretores e administradores dos colégios. Um terceiro encontro tratará da ação pastoral nos colégios, em setembro, e o assunto é sobre os conteúdos a serem repassados no ensino religioso nos colégios agostinianos do Brasil.

 

fabra nome 200Na reunião também prestou-se contas referente aos meses de dezembro de 2012 e fevereiro/março de 2013.

 

Sobre a JMJ Rio-2013, planeja-se fazer um momento onde os jovens provenientes de nossas paróquias e colégios se encontrem, provavelmente em Copacabana. Assim que a organização do encontro estiver concluída, será encaminhada aos interessados.

 

Contribuiu com esta matéria:
Frei Nicolás, que participou da reunião
e é Provincial da Província Santa Rita de Cássia.

 ........................................

 

Notícias dos frades em missões

 

des00 200Frei Rodolfo, em missões na prelazia de Lábrea, partilha um pouco de sua rica experiência entre alguns filhos de Deus mais necessitados.

 

            Entre os dias 18 e 23 de fevereiro realizamos uma pequena desobriga com intuito de visitar as comunidades do baixo Purus e a tribo indígena dos Apurinãs, em Itaboa. Partimos em sentido de Manaus e durante o dia visitamos os ribeirinhos, os flutuantes “casas construída sob troncos, na beira do rio Purus”; muitos deles estavam fazendo a famosa “farinhada”.

 

            A viagem contou com a presença do Frei Miguel Peralta, Fr. Rodolfo, a Irmã Magda (Oblata) e o Sr. Manoel (comandante). Deixamos o porto flutuante de Tapauá, na madrugada de segunda-feira e descemos o rio. Ao longo do percurso encontramos inúmeras famílias batalhadoras, simples e acolhedoras. Um povo que forma parte da família de brasileiros, mesmo distante do mundo moderno lutam e sonham por dias melhores. O sonho é de todos, por isso, não escolhe a raça, situação social, política ou religião.

 

            No caminho escutamos desabafos, sofrimentos, doenças, desamparo do governo quanto aos novos benefícios de aposentadorias, crianças não registradas, não batizadas e casos de óbitos de “anjinhos”, crianças. Por fatalidades, infelizmente devido à situação de viverem dentro do rio algumas acabam caindo nas águas e desaparecem em meio às águas turvas, povoada por criaturas aquáticas perigosas e até mortais: jacarés, piranhas, etc.

 

            Ao lado de tanto sofrimento, para os olhos dos “brancos suburbanos” – a população ainda assim é feliz. Mas, lutam e gritam, como a “terra gemendo em dores de parto” por dias melhores, dias esperados, sonhados.

 

            Ao finalizar a viagem desembocamos a margem de Itaboa, onde vivem 3 tribos indígenas; lá em uma delas fomos convidados pelo Valdomiro, pertencente a tribo dos Apurinãs para um encontro de resgate cultural de três dias. Contou com a presença de vários “parentes” dos Apurinãs do Amazonas e Rondônia. Além de funcionários da FUNAI, e de órgãos do governo ligado ao povo indígena, de religiosos agostinianos recoletos, antropólogos, sociólogos e alguns visitantes.

 

            A pauta iniciou com a situação acerca das demarcações das áreas indígenas, das lutas contra o governo, da construção de usinas hidrelétricas e outros assuntos. Os dias foram permeados com danças, músicas, comidas e bebidas típicas. Sem dúvida, aprendemos um pouco mais com os povos indígenas que também lutam por dias mais justos.

 

            Enfim, o Brasil tem várias “fisionomias”, várias famílias, rostos; assim partilhamos nossas vidas e nosso ser. Partilhar é viver, partilhar é amar, partilhar é sonhar ... por dias melhores. 

 

Colaboração de frei Rodolfo,
que enviou o texto e as fotos.

 

des01 333 ..... des02 333
des03 333 des04 333
des05 333 des06 333
des07 333 des08 333

 

......................................

História da JMJ - Rio 2013

 

fr didier 200História da Jornada Mundial da Juventude (JMJ)

 

Frei Didier traça um histórico da Jornada Mundial da Juventude para o informativo paroquial O Precursos, de Muqui - ES

 

O precursor: Quem criou e como iniciou a JMJ?

 

Frei Didier: Em 1984 foi celebrado na Praça São Pedro, Vaticano, o Encontro Internacional da Juventude com o beato papa João Paulo II, por ocasião do Ano Santo da Redenção. Em 1985 foi declarado o Ano Internacional da Juventude pelas Nações Unidas. Houve outro encontro internacional de jovens no Vaticano e o idealizador papa João Paulo II anunciou a instituição da JMJ. Celebrada, oficialmente, no Domingo de Ramos de 1986. A JMJ tem como objetivo fazer de Jesus o centro da fé e da vida da juventude, para que Ele seja o ponto de referência e a inspiração de cada iniciativa e compromisso das novas gerações para a evangelização da Juventude, a fortificação de sua fé e momento de intensa catequese.

 

O precursor: A cruz simboliza peregrinação? E, o porquê das JMJ?

 

Frei Didier: A cruz simboliza a peregrinação que vai dos preparativos até os eventos conclusivos da JMJ. Representa a união dos jovens, com o Papa, com a Igreja e com todo o mundo. A cruz ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, do Jubileu, da JMJ, Peregrina, e Cruz dos Jovens porque ela foi entregue pelo papa João Paulo II aos jovens para que a levassem por todos os lugares.

 

A cruz é de madeira e mede 3,8 metros, foi colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final, após fechar a Porta Santa, o Papa entregou a cruz em nome de toda a juventude católica no Centro São Lourenço, em Roma. Iniciou-se assim, as peregrinações por todas as partes. As palavras do papa João Paulo II foram: “Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção”.

 

Os jovens acolheram o desejo do papa. E desde 1984, a cruz da JMJ peregrinou pelo mundo, estando presente em cada celebração internacional da JMJ. Em 1994, a cruz peregrina começou a ser tradição por sua jornada pelas dioceses dos países sede da JMJ internacional, como um meio de preparação espiritual para o grande evento. Um tempo para reavivar nos jovens a sua caridade e celebrar a fé na união da diversidade de povos, línguas e nações. As Jornadas são como fontes para reabastecer a fé de cada jovem na Igreja e da Igreja nos jovens. Ela não concorre com os grupos da juventude, busca ser um tempo especial de vivência na intimidade com o Redentor e no amor pela humanidade.

 

O papa João Paulo II, explicou o porquê desses encontros mundiais. “Uma Jornada da Juventude oferece ao jovem uma experiência viva de fé e comunhão, que o ajudará a enfrentar as questões profundas da vida e a assumir com responsabilidade o seu lugar na sociedade e na comunidade eclesial.”

 

jmjrio2013 650

 

O precursor: E o Ícone de Maria quando passou a acompanhar a JMJ?

 

Frei Didier: Em 2003, quando o papa João Paulo II deu aos jovens o segundo símbolo de fé para ser levado junto a cruz da JMJ: o ícone de Nossa Senhora, “Salus Populi Romani”, é uma cópia contemporânea de um antigo ícone encontrado na primeira basílica de Maria, no Ocidente, a Santa Maria Maior. “Hoje eu confio a vocês o ícone de Maria. De agora em diante, ele vai acompanhar as JMJ, junto com a cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o apóstolo João, a acolhê-la em suas vidas”.

 

jmjrio2013b 200O precursor: Como é este tempo de eventos da Igreja Católica?

 

Frei Didier: é um tempo da Igreja para e com os jovens e todo o mundo. Ela reúne milhares de jovens do mundo para celebrar e aprender sobre a fé e para construir amizade e esperança entre povos e culturas. São celebradas em intervalos de 2 ou 3 anos, em um lugar  escolhido para celebrar a grande Jornada, e cada Jornada, o Papa sugere um tema. Nos anos intermediários, ela é vivida localmente, no Domingo de Ramos, por algumas dioceses ao redor do mundo.

 

Durante a JMJ acontecem eventos como catequeses, adorações, momentos de oração, palestras, partilhas, shows e Missas. Tudo isso em diversas línguas. Mas todas as atividades com o mesmo objetivo: a busca de Deus.

 

Os jovens são parte da Civilização do Amor. “Sois jovens da Igreja. Por isto eu vos envio para a grande missão de evangelizar os jovens que andam por este mundo errante, como ovelhas sem pastor. Sede apóstolo dos jovens. Convidai-os para que venham convosco, façam a mesma experiência de fé, de esperança e de amor; encontrem-se com Jesus, para se sentirem realmente amados, acolhidos, com plena possibilidade de realizar-se. Que eles descubram os caminhos seguros do mandamentos e por eles cheguem até Deus”. Bento XVI, encontro com os Jovens no Pacaembu 2007.

 

jmjrio2013c 200O precursor: Como foi a sua experiência da JMJ na Espanha?

 

Frei Didier: Vivi momentos de fé e de esperança, onde as barreiras dos idiomas e das culturas ficaram de lado frente à ação do Espírito Santo na caridade. A juventude quer recuperar a beleza dos relacionamentos humanos, desprovidos de qualquer interesse, marcados pelo amor a Deus e ao próximo. Milhares de jovens estavam reunidos em Madrid em oração e fraternidade, e nos entendíamos pela linguagem do amor. Em muitos momentos percebi o que significou ser “Enraizados e fundados em Cristo... firmes na fé”.

 

Um exemplo: Na noite de Vigília, momento de Oração no Aeroporto Quatro Ventos de Madri, completamente tomada pela multidão de peregrinos. Um forte calor, logo, uma violenta tempestade obrigou Bento XVI a interromper a homilia diante dos jovens. Um forte vento, acompanhado de chuva e trovões, começou a soprar e Bento XVI, embora protegido por um grande guarda-chuva branco, teve que suspender a homilia.

 

Depois de alguns minutos, Bento XVI retomou a palavra agradecendo aos jovens por sua alegria e ‘resistência’ e proferiu: “Meus queridos amigos, convido cada um e cada uma de vós a estabelecer um diálogo pessoal com Cristo, expondo-Lhe as próprias dúvidas e, sobretudo escutando-O. O Senhor está aqui e chama-te! Jovens amigos vale a pena ouvir dentro de nós a Palavra de Jesus e caminhar seguindo os seus passos. Pedi ao Senhor que vos ajude a descobrir a vossa vocação na vida e na Igreja, e a perseverar nela com alegria e fidelidade, sabendo que Ele nunca vos abandona nem atraiçoa! Ele está conosco até ao fim do mundo”. Uma ventania-chuva caiu sobre os jovens, chuva de graça e vento do sopro do ES. Molhados de benção, e logo a calmaria do tempo e paz presente. Molhados ou secos a juventude pode ver a presença do papa que não abandonou a sua juventude. E que belo foi ao passar a chuva escutar os jovens a uma só voz atrapalhando o papa a falar: “Essa é a juventude do papa”.

 

Antes de deixar o local rumo à Nunciatura, Bento XVI disse algumas palavras de improviso, agradecendo aos jovens: “Vivemos uma aventura juntos. Forte na fé, vocês resistiram á chuva. Antes de ir embora, desejo ‘boa-noite’ a todos. Que descansem bem. Obrigado pelo sacrifício que estão fazendo e que sem dúvida, oferecerão generosamente ao Senhor. vamos nos ver amanhã, se Deus quiser. Espero vocês todos. Obrigado pelo maravilhoso exemplo que deram. Do mesmo modo, esta noite, com Cristo, poderão enfrentar as provas da vida. Obrigado a todos!”.

 

Que podemos dizer frente a essas palavras... Ele é Bento, foi um papa dos jovens... Ele nos levou a encontrar-se com o Senhor. Que encontro maravilhoso, que juventude vibrante, que encontro pessoal com DEUS magnífico. Que JMJ.

 

Por fim, o papa da o aviso... Próxima JMJ Rio de Janeiro – Brasil... E agora temos a expectativa em receber o novo peregrino do Amor. A JMJ Rio 2013 espera com amor o novo papa. Como Cristo no Corcovado, estamos de braços abertos para receber toda a Igreja Povo de Deus reunido.

 

O precursor: Onde e qual tema tiveram as JMJ?

 

Frei Didier:

 

1°- 1986 - Roma, Itália. "Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês" (1Pd 3, 15).

 

2°- 1987 - Buenos Aires, Argentina. “Nós conhecemos o amor que Deus nos tem, pois cremos nele” (1Jo 4, 16).

 

3°- 1989 - Santiago de Compostela, Espanha. “Eu sou o caminho, a Verdade e a Vida” (Jo 14, 6).

 

4º- 1991 - Częstochowa, Polônia. “Vocês receberam o Espírito que os adota como filhos" (Rm 8,15).

 

5°- 1993 - Denver, Estados Unidos. “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (Jo 10,10).

 

6°- 1995 - Manila, Filipinas. “Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio"(Jo 20,21).

 

7°- 1997 - Paris, França. “Mestre, onde moras? Vinde e vereis" (Jo 1,38-39).

 

8°- 2000 - Roma, Itália. “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós" (Jo 1,14).

 

9°- 2002 - Toronto, Canadá. “Vós sois o sal da terra... Vós sois a luz do mundo" (Mt 5,13-14). Foi a última Jornada do papa João Paulo II.

 

10°- 2005 - Colónia, Alemanha. "Viemos adorá-lo" (Mt 2, 2).

 

11°- 2008 - Sydney, Austrália. "Recebereis a força do Espírito Santo, que virá sobre vós, e sereis minhas testemunhas" (Atos 1, 8).

 

12°- 2011 - Madrid, Espanha.  “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé” (cf. Cl 2, 7). Foi a última Jornada com a presença do papa Bento XVI.

 

13°- 2013 – Rio de Janeiro, Brasil. "Ide e fazei discípulos entre todas as nações". (Mt 28,19).

 

jmjrio2013e 400

 

Confiemos nos jovens de hoje como o bispo emérito de Roma Bento XVI: “A Igreja conta com vocês. Necessita da fé viva, da caridade criativa e do dinamismo da esperança de vocês. A presença de vocês renova a Igreja, a rejuvenesce e lhe dá um novo impulso”. E com o beato João Paulo II: “A esperança de um mundo melhor está numa juventude sadia, com valores, responsável e, acima de tudo, voltada para Deus e para o próximo”. .

 

DEUS abençoe. Olhos fixos em JESUS...

 

Pe. Frei Didier Esperidião Neto, oar.

 

Fonte: http://www.rio2013.com/pt

..............................

 

Papa Francisco: novo alento

 

papa francisco 200Francisco, novo e refrescante ar do Sul

 

Frei Ademir traduz um texto do Prior Geral frei Miguel Miró Miró sobre o Papa Fracisco.

 

"A eleição do cardeal Jorge Mario Bergoglio como Bispo de Roma foi para mim uma grande alegria e motivo de renovada esperança. Dou graças ao Senhor e me pergunto: O que o Espírito quer nos dizer com este novo Papa?

 

Para mim, a eleição do Papa Francisco tem um profundo significado. Creio que é o Pastor que Deus envia hoje ao mundo. Antes de abençoar o povo, o Santo Padre pediu para si a oração e a bênção do povo. Ele caminha com o povo de Deus, com todos nós - entre dificuldades e esperanças - por um caminho de fraternidade e amor. Poucas horas após sua eleição, foi possível perceber que se trata de um homem de fé e oração, bom e simples, renovador e evangelizador, alegre e com profundo sentido de Igreja.

 

O fato de ser o primeiro papa a escolher o nome de Francisco, é significativo na linha da renovação da Igreja. Evoca o testemunho de vida evangélica, a renovação espiritual, o serviço à Igreja e a simplicidade de vida. E, em sendo o primeiro papa jesuíta é, para nós, os religiosos, muito importante, já que conhece nossa vida e missão; sabe aquilo que hoje os religiosos podemos oferecer à Igreja e a todos as pessoas e, portanto, o serviço que, como pastor universal, ele pode nos pedir.

 

Destaco também que a eleição do Papa Francisco manifesta a universalidade e a esperança da Igreja: é o primeiro pontífice procedente do Hemisfério Sul e de um país latino-americano. Enche-me de alegria que os cardeais tenham ido buscar o novo Papa quase “no fim do mundo”. No coração de Cristo o mundo está globalizado no amor, e uma prova é que o Papa chegou a Roma vindo da Argentina. O Espírito sopra onde quer, os planos de Deus rompem fronteiras, unem os corações e superam nossas avaliações, projetos e seguranças humanas."

 

Miguel Mirómiguel miro miro 170

 

Agostinianos recoletos

 

 

......................................

Site da Paróquia São João Batista, Muqui-ES

muqui web 200Muqui, ES

 

A Paróquia São João Batista em Muqui, ES, já lançou o seu site. Confira em: 

 

www.paroquiasjbmuqui.com.br
 
Por favor divulguem aos demais.
 

 

Obrigado
 Frei Gracione

 

......................................

Informativo da paróquia Sagrado Coração de Jesus em Franca, SP 

Abril 01 200Franca, SP

Todas as páginas do informativo paroquial da comunidade Sagrado Coração de Jesus de Franca-SP estão aqui, em nosso site.

Aproveite para se atualizar e conhecer esta paróquia sob os cuidados dos frades agostinianos recoletos da Província Santa Rita de Cássia.

 

 

 

 

Abril 01 665

Abril 02 665

Abril 03 665

Abril 04 665

Abril 05 665

Abril 06 665

Abril 07 665

Abril 08 665

.....................................