Janeiro de 2014

  • Imprimir

Notícias de Janeiro de 2014


Frei Pedro e frei Sidney iniciam noviciado 

pedro sidnei 200Mosteiro "El Desierto de la Candelaria"
Ráquira - Colômbia


DOIS NOVIÇOS DA PROVÍNCIA SANTA RITA DE CÁSSIA INICIAM SEU NOVICIADO NA COLÔMBIA
 

Frei Pedro e frei Sidney chegaram à Colômbia no final de 2013 para iniciar, em 2014, 0 período de noviciado para os vocacionados à vida religiosa na Ordem dos Agostinianos Recoletos conforme a Regra de vida deixada por Nosso Pai Santo Agostinho.

pedro sidnei 650

 Frei Pedro e frei Sidney, um um dos claustros do mosteiro

 

5frades 500

Frei Fábio, da Província Santa Rita de Cássia (formador),
frei Sidney e frei Pedro (noviços brasileiros),
frei Gabriel (formador, mestre de noviços) e
frei Wesley (de passagem pelo mosteiro e um dos promotores vocacionais na Província Santa Rita de Cássia.

Frei Pedro e frei Sidney chegaram à Colômbia no final de 2013 para iniciar, em 2014, 0 período de noviciado para os vocacionados à vida religiosa na Ordem dos Agostinianos Recoletos conforme a Regra de vida deixada por Nosso Pai Santo Agostinho. O local do noviciado é o convento "El Desierto de la Candelaria" na Colômbia. Somos convidados a rezar pelos Freis Sidney e Pedro, que concluíram seus estudos na Filosofia na Capelinha, em Franca, e durante o ano de 2014 esreitarão a vivência no carisma agostiniano recoleto.

noviciado entrada 650

O mosteiro "El Desierto de La Candelaria" está situado em um belíssimo lugar.

 

noviciado lado 650

O "deserto" é mais espiriual que físico. 

 .............................................................................................................................

 
Os votos simples de frei Fernando e frei Rhuam

rhuam fernando 200Paróquia Nossa Senhora Aparecida
Franca-SP

 

No dia 8 de janeiro de 2014, frei Fernando e frei Rhuam professaram pela primeira vez os votos simples na Ordem dos Agostinianos Recoletos.

Depois de terem feito o noviciado na Colômbia, no dia 08 de janeiro de 2014, durante a celebração eucarística na igreja matriz da "Capelinha", cidade de Franca-SP, presidida por Frei Nicolás Pérez, OAR - Prior Provincial, os noviços Frei Fernando e Frei Rhuam emitiram seus primeiros votos na Ordem dos Agostinianos Recoletos.

 

A Eucaristia foi às 19 horas, contou com a presença da maioria dos frades da Província pois se realizada, naquela semana, a Assembleia Anual da Província Santa Rita de Cássia. Familiares de frei Rhuan e frei Fernando estiveram presentes, bem como a comunidade paroquial.

 

professos2014 frei fabio 600

Frei Rhuam, frei Fábio e frei Fernando, no santuário Nossa Senhora da Candelária
(Nuestra Señora de la Candelaria) em Ráquira, Boyacá, Colômbia. 
Frei Fábio está à serviço da Província na Ordem como formador
no mosteiro Nossa Senhora da Candelária
colaborando na formação dos noviços brasileiros e colombianos.

 

Peçamos ao Pai de Amor que conceda a força e a coragem necessárias a estes nossos novos irmãos.

 

 frades rhuam fernando 650

Frei Fernando e frei Rhuam durante a celebração eucarística na Capelinha

 

REZEMOS POR ESTES NOSSOS IRMÃOS, PARA QUE POSSAM REALMENTE SEGUIR O CRISTO NOS PASSOS DE SANTO AGOSTINHO.

 .............................................................................................................................

 
As iniciativas do Papa Francisco

papa francisco 200Fé e Política
Arquidiocese de São Paulo

Dom Demétrio Valentino fala das iniciativas do Papa Francisco e os novos rumos que a Igreja toma a partir da postura evangélica do Bispo de Roma. A fé é política porque ela não suporta separação entre o corpo de Jesus e o corpo de um irmão.

Desta vez, a passagem de ano coincide, simbolicamente, com os nove meses de pontificado do Papa Francisco. É o tempo de uma gestação. Foi um tempo muito fecundo de iniciativas, que aos poucos vão dando forma ao novo pontificado. Através destas iniciativas, dá para perceber a intenção do Papa Francisco de ir abrindo frentes de trabalho, que integram um projeto mais amplo de renovação da Igreja, a partir de sua missão. Já é possível perceber o alcance de algumas destas frentes.

papa francisco 650

 

A primeira, decidida com rapidez pelo Papa, se refere ao "Banco do Vaticano”. Esta é fácil de resolver. Pois se trata, em síntese, de agir com honestidade e transparência, na gestão dos recursos financeiros, que poderiam, simplesmente, ser confiados, para a sua gestão, a um banco idôneo, de qualquer país, e livrar assim a Igreja da persistente imaginação de que ela é detentora de grandes recursos financeiros!

papa francisco2 300A segunda iniciativa, também tomada para deixar clara a atitude da Igreja, se refere às vítimas da pedofilia. Foi constituída uma comissão, com a finalidade específica de proteger estas vítimas, seja qual foi a autoria desses crimes, contra os quais a Igreja quer agir com severidade. Como a primeira, esta segunda frente de trabalho se destina a fortalecer a credibilidade da Igreja, para tomar outras iniciativas, mais amplas e mais significativas. Estas duas iniciativas, que poderíamos chamar de prévias, já foram tomadas em sintonia com o grupo de oito cardeais, nomeados para ajudar o Papa no governo da Igreja. Mas a própria convocação deste grupo de cardeais já sinaliza, por sua vez, uma proposta mais ampla e mais profunda, de estabelecer um "governo colegiado” da Igreja, que está em plena sintonia com a "colegialidade episcopal”, a qual se constituiu no núcleo teológico e pastoral mais consistente de todo o Concílio Vaticano II.

papa franciscooooo3 180Uma outra "frente” aberta pelo Papa, é a campanha contra a fome no mundo. Ela tem a fisionomia de uma campanha esporádica. Mas as circunstâncias lhe dão o caráter de paradigma da ação social da Igreja. Lançada pela Cáritas, que é presidida pelo Cardeal Maradiaga, um dos membros do "grupo dos oito”, foi recomendada com ênfase pelo Papa, deixando bem clara sua intenção de fazer dela o símbolo da aproximação entre Igreja e Sociedade, recomendada pelo Concílio em sua constituição pastoral denominada Gaudium et spes”.

Bastariam estes acenos, para perceber que o Papa age de maneira estratégica, respaldando sua ação no Evangelho de Cristo e apoiando-se na consistência teológica e pastoral do Concílio, que é reproposto como referência básica e indispensável para a tão esperada renovação da Igreja. Para que estas iniciativas não pareçam soltas e desconexas, o Papa Francisco aproveitou a "Exortação Pós-sinodal Evangelii Gaudium” para transmitir sua visão orgânica e integral do momento que a Igreja está vivendo, e dos desafios que ela precisa enfrentar.

De tal modo que a "Evangelii Gaudium” se constituirá num marco referencial para a caminhada da Igreja, como foi a "Evangelii Nuntiandi” de Paulo VI. É um documento que servirá de baliza para a caminhada da Igreja nos próximos anos, como afirmou o próprio Papa Francisco. Colocando suas propostas de maneira integrada na "Evangelii Gaudium”, o Papa nos convida a refletir sobre elas, e perceber quanto podem influenciar nossa ação eclesial. Se queremos estar em sintonia com o Papa, precisamos acolher as reflexões e as propostas da Evangelii Gaudium!

Minha fé é política porque ela não suporta separação entre o corpo de Jesus e o corpo de um irmão. Minha fé é política porque crê que a economia pode mudar um dia e ser toda solidária. Minha fé é política porque acredito na juventude, na sua força e inquietude, no seu poder de diferença e na força da velhice que com sua sabedoria e experiencia ainda tem muito a colaborar, para um país justo, igualitário sem tantas injustiças sociais.

Pastoral Fé e Política Arquidiocese de São Paulo
A partir de Jesus Cristo em busca do bem comum
www.pastoralfp.com http://pastoralfp.blogspot.com 

Dom Demétrio Valentini 
Fonte: Adital

 .............................................................................................................................

 
Assembleia anual da Província 2014

assembleia 200Primeiro dia da Assembleia Anual 2014

Capelinha, Franca/SP

Iniciou-se hoje ás 18 hs no Seminário Nossa Senhora Aparecida em Franca-SP da Ordem dos Agostinianos Recoletos a Assembleia Anual com os frades da mesma província religiosa.
Ao entardecer foi servido o jantar, já às 20 hs fez-se o momento de oração inicial da assembleia. Em seguida, passou-se a acolhida por parte do provincial, horários, ordem da casa e outros avisos de cunho organizacional.
A assembleia deste ano tem como tema a reflexão e a vivência da VIDA COMUNITÁRIA AGOSTINIANA RECOLETA.
 
REZEMOS, PARA QUE O ESPÍRITO SANTO NOS ILUMINE NESTES DIAS TÃO IMPORTANTES PARA NOSSA PROVÍNCIA RELIGIOSA.
 
Frei Ricardo, OAR
 
Segundo dia da Assembleia Anual 2014
 
Este segundo dia (07-01-2014) da assembleia provincial com os frades daProvíncia de Santa Rita de Cássia iniciou-se com a oração da Liturgia das Horas em comunidade de irmãos. Logo após o café da manhã, deu-se início às atividades diárias com o estudo e aprovação da "2ª ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE AGOSTINIANA DE BENEFICENCIA E EDUCAÇÃO".
Finalizou-se o dia com a celebração eucarística celebrada juntamente com a comunidade paroquial na igreja matriz da "Capelinha"presidida por Frei Wagno Broedel, OAR.
 
Frei Ricardo, OAR
 
Terceiro dia da Assembleia Anual 2014
 
Este terceiro dia (08-01-2014) da assembleia provincial com os frades daProvíncia de Santa Rita de Cássia iniciou-se com a oração da Liturgia das Horas em comunidade de irmãos. Logo após o café da manhã, continuou-se nas atividades diárias com a retomada do estudo e aprovação da "2ª ALTERAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL DA SOCIEDADE AGOSTINIANA DE BENEFICENCIA E EDUCAÇÃO". Já à tarde os demais secretariados e conselhos da província expuseram suas atas de trabalhos.
Finalizou-se o dia com a celebração eucarística celebrada juntamente com a comunidade paroquial na igreja matriz da "Capelinha"presidida por Frei Nicolás Pérez, OAR - Prior Provincial, celebração esta em que os noviçosFrei Fernando e Frei Rhuan emitiram seus primeiros votos na Ordem dos Agostinianos Recoletos.
 
Frei Ricardo, OAR

 
Quarto dia da Assembleia Anual 2014
 
O quarto dia (09-01-2014) da assembleia provincial com os frades da Província de Santa Rita de Cássia iniciou-se com a oração da Liturgia das Horas em comunidade de irmãos. Logo após o café da manhã, continuou-se nas atividades diárias com a aprovação das contas da economia. 
 
Ainda de manhã foi anunciada a data do Retiro Anual da Província em 2014, que acontecerá entre os dias 20 a 26 de julho em Belo Horizonte. Também foi falado sobre as visitas fraternas (quando o Prior Provincial visita, informal e fraternallmente as comunidades) para o período de 2014 e cada secretariado foi apresentando sua revisão do que aconteceu em 2013 e perspectivas para 2014: governo e econommia, espiritualidade, formação e promoção vocacional, apostolado e os missionários que trabalham atualmente nas áreas missionárias expuseram um pouco do serviço que eles prestam nas missões.
 
Depois do almoço a equipe de comunicação fez sua apresentação e o Provincial frei Nicolás encerrou com as considerações finais do dia. O desafio para todos nós: Temos um longo caminho pela frente... é necessário que todos nos empenhemos.
 
O dia encerrou-se com a celebração da santa missa, presidida pelo senhor bispo da diocese de Franca, dom Paulo Roberto, às 19 horas na Capelinha. 
 
Frei Mason, OAR
 
  
 
Quinto dia (encerramento) da Assembleia Anual 2014
 
O quinto e último dia (10-01-2014) da assembleia provincial com os frades da Província de Santa Rita de Cássia abriu o dia com a celebração eucarística de ação de graças na capela do Seminário Nossa Senhora Aparecida, com a oração da Liturgia das Horas.
 
Logo após o café da manhã, o padre provincial frei Nicolás fez as considerações finais e a assembleia anual 2014 terminou com um almoço (churrasco) de confraternização a partir das 11 horas. . 
 
Alguns frades seguiram viagem logo após o almoço e os que puderam permanecer participaram da continuação da confraternização numa chácara com piscina próxima de Franca.
 
A assembleia terminou mas os serviços e dedicação ao ideal de Santo Agostinho jamais se encerram. Todos nós contamos com suas orações, Povo de Deus.
 
Frei Mason, OAR

 .............................................................................................................................

 

Curso de Renovação para a América 2014

ordem brasao sub 180O Curso de Renovação para América 2014 foca no tema da “revitalização, comunidade e vida fraterna” da Ordem.

 

Dia 13 de janeiro de 2014 teve início mais uma edição do Curso de Renovação para a América. O local do curso é o Sítio Santo Agostinho, na Cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro, um lugar prazeroso que oferece condições muito especiais para este tipo de encontro. Os 34 religiosos participantes – entre os que promovem e os que fazem o curso de renovação - procedem de 8 países (Brasil, México, Costa Rica, Venezuela, Perú, Colômbia, Roma e Panamá).

Ao menos a cada dez anos, a Ordem dos Agostinianos Recoletos convida a todos os religiosos a participar do chamado “Curso de Renovação”, um dos principais momentos de formação permanente. O Secretariado Geral de Formação organiza o curso por continentes (América, Europa e Ásia) para facilitar a participação dos religiosos. O objetivo deste encontro formativo especial de um mês de duração é fazer com que os religiosos “examinem o estado de seu espírito e de sua formação; revisem e renovem a consagração religiosa e sacerdotal, assim como seu espírito apostólico; e adquiram um conhecimento mais profundo da Ordem”.

 

Quatro semanas de convivência fraterna

 Todos os frades se encontraram para o almoço fraterno, no dia 13, segunda-feira, ao meio-dia. O curso está assim organizado:

 

“Revitalização, Comunidade e Vida Fraterna”

 

Primeira Semana (13 de janeiro à 18 de janeiro)

         Exercícios Espirituais e Meditação, com Frei Enrique Eguiarte, OAR

 

Segunda Semana (20 de janeiro à 25 de janeiro)

         - Dimensão humana da vida de comunidade.

- Dias 20, 21 e 22 com Padre Carlos Antônio da Silva
- Dias 23 e 24 com a Irmã Marcela Batista
- dia 25, sobre o Magistério do Papa Francisco, com Padre Osmar Cavaca

 

Terceira Semana (27 de janeiro à 01 de fevereiro)

         - A comunidade nas novas constituições, com Frei Enrique Gómes, OAR

 

Quarta Semana (02 de fevereiro à 08 de fevereiro)

         - A comunidade em nosso carisma recoleto, com Frei Pablo Panedas, OAR

         - Recoleção-história-revitalização nas cartas do Padre Bernard y Patricio Adell, com frei André Pereira, OAR.

 

Para os domingos, celebrações e passeios em diversos lugares da Cidade Maravilhosa; é o espírito comunitário de Santo Agostinho, que é maravilhoso.

Exercícios agostinianos 

A novidade, continuada este ano, está na metodologia empregada. Neste Curso de Renovação para Europa (junho-julho de 2013, em Roma) se inaugurou o novo modo de exercícios que se quer implantar em toda a Ordem, bem amparados pela experiência de santo Agostinho e submetidos a um regime de estrito silêncio e recolhimento. Quem dirige os exercícios neste curso de 2014 para a América é frei Enrique Eguiarte, que redigiu as orientações e será o principal responsável pela difusão do método nos próximos anos.

 

Os frades da Província Santa Rita de Cássia (Brasil) que participam do curso são: Ademido Gomes, Afonso de Carvalho Garcia, Alcimar Fioresi, Antônio Leopoldo Sarroche Filho, Celso Moreira Júnior, Egisto Cansian, Fábio Freire Nôcal, Nicolás Pérez-Aradros Rubio, João Constantino Junqueira Netto, Marcus Vinícius Dorrigo Leite, Mário Aparecido, Pedro Olavo Queroz Macedo, Raimundo Nonato de Oliveira e Romualdo Martinucci.

 Os frades da Província São Nicolau de Tolentino (México e Costa Rica) são: José Félix Troncoso Martín, Germán Sanz Juménez, Rafael Guitiérrez Jiménez e Germán Antonio Antón Agramonte (México); Víctor Manuel    González Marín e Gabriel Jesus Coronel López (Costa Rica).

 Os frades da Província São Tomás de Vilanova (Brasil e Venezuela) são: Julio Amezua Caballlero, Juan José Ormazabal Garmendia e Edson Barbosa de Brito (Brasil); Jénifer Polo Mejía (Venezuela).

 Os frades da Província São José (Venezuela e Perú) são: Eddy Omar Plo Angeles e Rafael Nieto Lerena (Venezuela); Víctor García Cereceda, José Augusto García García e Gregorio Arturo Calapuja Ezquén (Perú).

 Os frades da Província Nossa Senhora da Candelária (Colômbia) são: Jorge Alberto Niño Gómez, Martín Emilio Gonzáles González e Jaime Rueda Villareal.

 O frade da Província da Nossa Senhora da Consolação (Panamá) é o frei Francisco Javier Lopeandía. E Frei Pablo Panedas Galindo, que atualmente reside em Roma e participa do curso como um dos organizadores.

 

Sejam todos bem-vindos e tenham uma estada... ma-ra-vi-lho-sa!

leia mais aqui

 .............................................................................................................................

 

As monjas agostinianas recoletas

monjas 200Monjas Contemplativas Agostinianas Recoletas
Guaraciaba do Norte, CE, Brasil 

As 13 monjas Agostinianas Recoletas em Guaraciaba do Norte – CE se apresentam neste breve, e belo, texto escrito por elas mesmas.

Somos Monjas Agostinianas Recoletas.

Nossa Comunidade de Guaraciaba do Norte – CE, graças a Deus, conta com 13 irmãs que, convocadas por Deus, estamos aqui orando pela humanidade inteira. 

Como Ordem religiosa somos pouco conhecidas no Brasil, embora tenhamos o mesmo tempo de fundação que nossos irmãos Agostinianos Recoletos: 425 anos de presença na Igreja.

 

monjas 400

 

No Brasil somente chegamos provenientes do México em 2003. Em nossos quase 11 anos de fundação viemos caminhando junto com a Igreja que peregrina neste belíssimo país.  Temos aprendido muito e graças a Deus vemos com alegria que o futuro nos sorri.

 

Porém, muitos de vocês estarão se perguntando: E O que é ser monja? Muitos como vocês se fazem esta pergunta, ou outras perguntas parecidas. Por que há mulheres e homens que escolhem viver na clausura, tendo tanto apostolado por fazer lá fora dos muros dos mosteiros?

 

 monjas2 400

 

E a surpresa que muitas pessoas levam é a de comprovar que por trás dos muros dos mosteiros se encontram pessoas jovens, que sabem sorrir e chorar, que conversam, se questionam, que fazem amizades, em fim... que são pessoas totalmente normais.


Toda vocação é um mistério e um dom de Deus; e a vida contemplativa, por mais difícil que pareça entender, tem sua função na Igreja e no mundo.

 

 monjas3 600

 

A vida das monjas é muito simples: fica dividida em tempos de oração, trabalho e vida comunitária. Aliás, toda nossa vida, todo nosso ser e fazer estão orientados a viver nessa contínua união com Deus pela oração. Com nosso trabalho e oração ajudamos na construção do reino de Deus, vivemos nossa vida no claustro na  nossa vocação-missão de morar no coração da Igreja com a única razão de fazer chegar a vida de Cristo a todo o povo de Deus.


Desde aqui nossa oração para todos e é um prazer estar aqui nesta página informativa, esperamos que não seja a primeira vez e poder ter a oportunidade de estar aqui partilhando com vocês a alegria de servir o Senhor.
  

 

monjas4 259 .................... monjas5 320

 Contem com as nossas orações.

 

Monjas Agostinianas Recoletas 

Guaraciaba do Norte, CE.

 .............................................................................................................................

 Sobre o Curso de Renovação para América 2014

ser recoleto 250
Janeiro 2014, BRASIL

 

O Curso de Renovação para América dá início ao ano de reflexão sobre a fraternidade

 

Rio de Janeiro acolhe desde 12 de janeiro, com duração de quatro semanas, o Curso de Renovação para América, que reúne 35 agostinianos recoletos procedentes de Colômbia, Peru, Venezuela, Costa Rica, México e Brasil. Comunidade e fraternidade são os eixos centrais deste encontro formativo, que proporcionará aos religiosos a possibilidade de renovar suas ideias e sensibilidade a respeito da vida comunitária.

 

curso almoco 650

 

OAR

 

O mote entre os agostinianos recoletos continua sendo o mesmo: “revitalização”. E isso se consegue por meio da formação permanente, tanto no dia a dia como através de atividades extraordinárias. Destas, a de maior significação é o Curso de Renovação, que a Ordem vem realizando desde há quase 40 anos.

 

curso amoco2 650

 

Em tese, estes cursos de quatro semanas são realizados anualmente alternando os continentes Europa e América. Ásia segue um ritmo próprio. Contudo ultimamente coincidiram os três em pouco tempo: em julho último foi realizado em Roma o Curso para Europa; no próximo dia 27 de abril começará na cidade de Baguio nas Filipinas; e, entre 12 de janeiro e 8 de fevereiro, o Curso de Renovação organizado para todo o continente americano está sendo realizado no Rio de Janeiro.

 

35 agostinianos recoletos de seis países

 

Ao todo são 35 agostinianos recoletos que se reuniram na capital carioca procedentes de seis países diferentes: Colômbia, Peru, Venezuela, Costa Rica e México, além do Brasil. Mais da metade, um total de 20, reside no país anfitrião. Muito provavelmente esta seja a primeira vez que em uma atividade interprovincial da Ordem os de língua portuguesa tenha sido a maioria. À frente de todos eles, vindo desde Roma, representando o Governo Geral, está Pablo Panedas, conselheiro encarregado do Secretariado de Espiritualidade da Ordem.

 

curso dia1a 650

 

O tema que move a reflexão e as atividades deste Curso é o correspondente ao ano 2014: a comunidade e fraternidade. Depois de uma primeira semana consagrada à prática dos exercícios espirituais, as palestras e dinâmicas seguintes se dirigirão a fundamentar e revitalizar esta realidade que constitui a essência da vida agostiniano-recoleta.

 

curso dia1 650

 

Em um clima de irmandade e intensa oração, sob a orientação de especialistas de dentro e de fora da Ordem, este compacto grupo de religiosos se dedicará, nestas quatro semanas, a renovar seus ideais e sensibilidade quanto à vida comunitária. No Rio de Janeiro acenderão uma chama que levarão de volta a suas casas para transmitir esse fogo a todas as comunidades do continente americano.

 

veja mais detalhes aqui

 .............................................................................................................................

 

Carta do Prior Geral

rev prior 200Roma, Cúria Geral da Ordem

 

A carta do Prior Geral frei Miguel Miró Miró

 

fala da elaboração de uma serie de propostas

para a revitalização e reestruturação da Ordem.

 

A TODOS OS RELIGIOSOS DA ORDEM

Estimados irmãos:

A comissão responsável pelo processo de revitalização e reestruturação da Ordem se reuniu em Roma de 13 a 17 de janeiro de 2014. Em um clima de discernimento e diálogo, analisamos as respostas à consulta que, a partir da análise da realidade, se fez a todos os religiosos. A partir delas elaboramos uma serie de propostas para a revitalização e reestruturação da Ordem.

Para nós é significativo que 547 religiosos (50,04%) apresentaram suas respostas e expressaram seu parecer sobre aspectos tão importantes para nossa vida comunitária e para a missão da Ordem. Agradecemos aos irmãos este valioso trabalho e seu interesse em colaborar tomando parte ativa no processo.

rev book heart 271No início desta quarta reunião, o prior geral destacou que nosso processo de revitalização e reestruturação está em sintonia com a renovação e missão da Igreja; e aplicou à Ordem três pontos propostos à Igreja pelo Papa Francisco na Exortação Evangelii gaudium. Aqui os colocamos à vossa consideração:

Primeiro: “Exorto a todos –disse o Papa– a ser audazes e criativos nesta tarefa de repensar os objetivos, as estruturas, o estilo e os métodos evangelizadores das próprias comunidades. Uma alegação quanto aos fins, sem uma adequada busca comunitária dos meios para alcançá-los, está condenada a converter-se em mera fantasia” (EG 33).

Segundo: “Hoje é comum falar de um «excesso de diagnóstico» que nem sempre está acompanhado de propostas superantes e realmente aplicáveis. Por outro lado, também de nada nos serviria um olhar puramente sociológico, com pretensões de abarcar toda a realidade com sua metodologia supostamente neutra e asséptica. O que quero oferecer vai além da linha de um discernimento evangélico. É o olhar do discípulo missionário, que se «alimenta da luz e com a força do Espírito Santo»” (EG 50).

Terceiro: O bem da Ordem não pode se reduzir à tranquilidade ou a um estilo de vida sem sobressaltos, enquanto os demais sobrevivem como podem. As necessidades da Ordem não podem ser sufocadas com o pretexto de construir um consenso de escritório ou uma efêmera paz de uma minoria que diz ser feliz e não quer ver a realidade.  “A dignidade da pessoa humana e o bem comum estão acima da tranquilidade de alguns que não querem renunciar a seus privilégios. Quando estes valores se vêm afetados, é necessária uma voz profética” (EG 218).

Na reunião se levou em conta a incidência que o processo tem tido em cada província e o cumprimento, por parte da comissão, do plano de trabalho traçado há dois anos e meio. Assim, partindo das respostas dos religiosos à consulta (Capítulo 4 do Documento 8 “Teu Espírito nos incendeia”) e da síntese das mesmas, a Comissão elaborou e aprovou suas propostas de revitalização e reestruturação para apresentá-las ao Conselho geral. 

rev book heart 259Com a apresentação das propostas a Comissão conclui sua função. Estas propostas, junto com uma apreciação externa de todas as respostas, serão levadas ao conhecimento de todos os religiosos no final do próximo mês de março, com o fim de estabelecer alguns objetivos comuns e preparar um projeto de Ordem.

Entre os temas mais sugeridos pelos religiosos em suas respostas ao questionário podemos destacar: o envolvimento pessoal de cada religioso em um processo de conversão pessoal, comunitária e pastoral; o desejo de reforçar a identidade como agostinianos recoletos e a pertença à Ordem; a missão partilhada e a formação dos leigos; a pastoral vocacional e a reorganização das casas de formação; a preparação de um plano de formação permanente para toda a Ordem e a mudança da atual distribuição de províncias.

O processo de revitalização e reestruturação não pode permanecer em uma formulação teórica. Os conselhos provinciais, a partir da análise das respostas dos irmãos, proporcionarão uma reflexão sobre a viabilidade de sua província e à tomada de medidas oportunas frente ao futuro, tendo em conta a Ordem como um todo e sua missão evangelizadora. 

O prior geral e seu conselho terão agora que priorizar as propostas, estudar os mecanismos oportunos para solicitar o respaldo dos religiosos às mesmas e apresentar ao capítulo geral as conclusões e propostas de todo este processo para que sejam tomadas as decisões convenientes (Ordenações, 19, 9 e 19.10).

A renovação da Ordem é um trabalho lento e árduo. Exige querer integrar-se para desenvolver, em uma atitude de fé, o encontro fraterno e a missão evangelizadora na busca de uma só alma e só coração dirigidos para Deus.

Caminhemos todos unidos na oração para que o Espírito renove nossos corações, revitalize a Ordem e nos leve a reavivar o espírito de serviço na missão evangelizadora. Que Maria Mãe da Consolação, santo Agostinho e demais santos da Ordem nos acompanhem.

Roma, 17 de janeiro de 2014.

Fr. Miguel MIRÓ MIRÓ

Fr. José Ramón PÉREZ SÁEZ

Fr. Javier TELLO VEGAS  

Fr. Fco Javier JIMÉNEZ GARCÍA-V...........

Fr. Antonio ABECIA VALENCIA

Fr. Gerard COSGAYON

Fr. Javier RUIZ PASCUAL

Fr. Francisco SEVOLANI BOTACIN

Fr. Manuel BEAUMONT CRESPO

Fr. Romeo POTENCIO

Fr. Carlos M. DOMÍNGUEZ STAIBANO                                         

 .............................................................................................................................

 

Frades do Curso de Renovação 2014 visitam São Januário

todos 200Rio de Janeiro
Paróquia e Comunidade São Januário e Santo Agostinho

No domingo dia 19 de janeiro de 2014 os frades que participam da edição 2014 para a América do Curso de Renovação da Ordem dos Agostinianos Recoletos fizeram visita fraterna aos membros da comunidade São Januário e Santo Agostinho. 

Os 35 frades, provenientes de diversos países, majoritariamente do continente Americano, depois de visitarem o Cristo Redentor, estiveram em comunhão com os frades da comunidade religiosa e paroquial São Januário e Santo Agostinho.

 

lanche 650

momento comunitário do lanche oferecido pelas comunidades paroquial e recoleta

 

Eles chegaram por volta do meio-dia, conheceram a igreja e participaram do lanche oferecido pela comunidade. Os leigos e leigas e paróquia se mobilizaram e puderam proporcionar uma refeição gostosa, nutritiva e restauradora. 

Logo depois do lanche, no interior da igreja, os frades foram ilustrados, através de um breve histórico da igreja e da comunidade local, da história da casa e da igreja, rezaram o Angelus e continuaram com a visita às depenências da paróquia e da casa dos frades agostinianos recoletos. 

Todos nós da comunidade recoleta na São Januário e Santo Agostinho agradecemos a visita de todos. 

 

todos 650

Voltem sempre... a casa é nossa!

 Santo Agostinho, rogai por nós!

veja também: Sobre o Curso de Renovação para a América 2014

                     Curso de Renovação para a América 2014

 .............................................................................................................................

 

Crônica: Primeira Semana do Curso de Renovação, América 2014

pri sem09 200Crônica: Curso de Renovação, América 2014
PRIMERA SEMANA

Começa o curso de renovação para América 2014 da Ordem dos Agostinianos Recoletos. São 37 religiosos procedentes de 6 países: México, Costa Rica, Venezuela, Perú, Colômbia e Brasil. O local é a casa de retiro “Santo Agostinho”, no Rio de Janeiro, e a data de 13 de janeiro à 8 de fevereiro e 2014.

Com a paticipação de 16 religiosos da provincia Santa Rita de Cássia se iniciou no dia 13 de janeiro de 2014 o curso de renovação para a América 2014 dos agostinianos recoletos. Quando chegaram, encontraram os participantes das outras províncias: 8 religiosos da São Nicolau de Tolentino, 4 da Santo Tomás de Vilanova, 5 da São José e 3 da Nossa Senhora da Candelária. Com a presença de frei Pablo Panedas, membro da cúria romana, são 37 os que participam do curso. Eles vieram, além de varias partes do Brasil, do México, Costa Rica, Venezuela, Perú e Colômbia.

pri sem02 300 .......... pri sem03 300

A casa de retiro “Santo Agostinho”, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, acolhe o curso, que se extende do dia 13 de janeiro até o dia 8 de fevereiro. O objetivo é facilitar a todos os participantes um espaço e um tempo para viver com intensidade uma renovação pessoal e comunitária.

 

Exercícios Espirituais

O mes do curso inicia com os exercícios espirituais. Frei Enrique A. Aguiarte é responsável, por serviço à Ordem dos Agostinianos Recoletos, de preparar uma série de exercícios que ao longo deste ano se oferece aos membros da familia recoleta. Com uma marcada característica recoleta, agostiniana e bíblica, os exercícios se propõem a ajudar neste momento histórico em que se pede a todos uma resposta mais comprometida que nunca.

pri sem04 300 .......... pri sem05 300

O retiro é feito em cinco días completos de silêncio. Acompanhado por material de apoio e por palestras do frei Enrique, buscamos Santo Agostinho para que de suas mãos nos deixemos iluminar como comunidade pelo mesmo Cristo. Junto com a reflexão, o silêncio, a oração, a exposição do Santíssimo Sacramento, confissão, reza do terço, adoração à Santa Cruz e, como eixo de tudo, a Eucaristia.

 

Rezando com o tablet 

Provavelmente a novidade menos esperado são os tablets que todos receberam. Neles estão os materiais e os aplicativos necessários para rezar em castelhano e em português. Assim se evitou ter que distribuir um monte de fotocopias. Durante os primeiros días aqueles com mais conhecimento tecnológico ajudavam os menos acostumados ao mundo digital. Livros de oração já instalados e outros recursos que nos fazem perguntar un saos outros: já baixou a atualização de hoje?

 

A tempestade e o apagão tecnológico

 pri sem09 650

Depois de uns días de muito calor, na tarde de quinta-feira, dia 16, sofremos, durante o transcurso da Eucarisitia, veio uma forte tempestade. A chuva que aliviou as altas temperaturas veio acompanhada de trovões e relámpagos. Além de um pouco de agua ter invadido territorio não autorizado, a luz resolveu tirar férias. O jantar foi em silêncio, por causa dos exercícios espirituais, e sem luz elétrica. Luz de velas: romantismo espiritual. Não demorou muito para se concluir que estábamos sem internet.

pri sem07 300Durante aproximadamente mais de uma semana seguimos sem conexão com a internet e sem poder se comunicar com o “mundo exterior”.  O problema maior foi não poder baixar as atualizações do Ofício das Horas. A versão castelhana permite baixa toda uma semana. Em portugués (do Brasil) é permitido uma atualização por dia. Isso nos obrigou a rezar, durante o apagão tecnológico, a rezar em castelhano. A idéia original era fazer as orações de forme bilíngue: portugués e espalhol.

 

 Visita ao Cristo Redentor (Corcovado)

pri sem01 300 .......... pri sem08 300

No final da primeira semana, a dos exercícios espirituais, aconteceu o primeiro passeio: conhecer o famoso Cristo Redentor. O cartão-postal mais conhecido do Rio de Janeiro. Oportunidade para fotografías da visita o Rio que ficarão para sempre na memoria e nas emoções. Subimos ao Cristo Redentor usando o trem, o que permitiu chegarmos aos 710 metros de altitude. Uma leve neblina impediu de desfrutar toda a beleza da paisagem. As melhores fotografías não puderam ser tiradas por causa do constante grande número de turistas.

 

PARÓQUIA SÃO JANUÁRIO E SANTO AGOSTINHO

pri sem10 300O curso de renovação tem, entre seus objetivos, fazer os participantes conhecerem as comunidades agostinianas recoletas locais. Assim, os frades visitaram a paróquia e comunidade São Januário e Santo Agostinho. Depois de terem visitado o Cristo Redentor, os frade visitaram a comunidade local. Os frades do curso foram recebidos com um lanche quase-almoço, preparado pela comunidade paroquial. Os frades conheceram a história da casa que protagonizou os primeiros passos recoletos no Brasil. A visita foi encerrada com a oração do “Angelus” e a visita às dependencias da paróquia e da casa dos frades. 

 

pri sem11 650

 

Frei Mason, em tradução livre

 .............................................................................................................................

 

Para Francisco abençoa os agostinianos recoletos

restau 200

 Roma

O Papa Francisco abençoa os agostinianos recoletos que seguem adiante no processo de revitalização e reestruturação. 

Os agostinianos recoletos que constituem a comissão de revitalização compareceram à audiência papal de quarta-feira, 15 de janeiro, na Praça São Pedro. Ante 35.000 fiéis o Papa Francisco saudou e abençoou de modo especial o trabalho dos agostinianos recoletos reunidos em Roma para tratar da reestruturação da Ordem. A comissão, formada após o Capítulo Geral de 2010 concluiu sua tarefa. O processo continua com as contribuições da metade dos religiosos, a assessoria externa e a reorganização administrativa da Ordem.

restau 434
Membros da Comissão na Praça de São Pedro
Frei Francisco, terceiro da esquerda para a direita, 
da Província Santa Rita de Cássia, é membro da Comissão
 

 

De 13 a 17 de janeiro a comissão para a revitalização e reestruturação da Ordem dos Agostinianos Recoletos esteve reunida na Cúria Geral em Roma (Itália) com o fim de elaborar as últimas propostas antes de enviá-las ao prior geral e seu conselho. Esta comissão está formada por um representante de cada uma das oito províncias que atualmente formam a instituição, além do prior geral, Miguel Miró, o vigário geral, José Ramón Pérez e o secretario geral, Francisco Javier Tello. 

No dia 15, quarta-feira, os membros da comissão participaram da audiência papal na Praça São Pedro, junto a outras 35.000 pessoas. Na saudação aos diferentes grupos os agostinianos recoletos foram mencionados e mais especificamente a comissão de revitalização e reestruturação da Ordem. Ao final da audiência Francisco disse: “Saúdo aos peregrinos de língua espanhola, em particular aos Padres Agostinianos Recoletos... Convido a todos a assumir seriamente seu batismo, sendo discípulos e missionários do Evangelho, com a palavra e com o próprio exemplo. Que Jesus vos abençoe e a Virgem Santa vos proteja. Muito obrigado”. 

Comissão, participação e assessoria 

 

restau 600

Na audiência do Papa Francisco

 

A comissão, constituída após o capítulo geral de 2010, conclui seu trabalho com esta quarta reunião. O processo de renovação, contudo, continua. Ficaram as reuniões, os trabalhos, as consultas, sondagens e os oito documentos que serviram, tanto para conhecer a opinião dos religiosos, quanto para que as comunidades tomassem consciência da necessidade de uma mudança na vida e nas estruturas. 

A última consulta sobre a revitalização e reestruturação da Ordem foi respondida por 547 religiosos da Ordem, o que corresponde a 50,04%. Das respostas e propostas oferecidas pelos religiosos, a comissão realizou um trabalho de análise e síntese para atender ao exigido pela ordenação capitular. A estas propostas serão acrescentados estudos externos. Embora, conforme o prior geral nos indicou muito bem ao fazer uso das palavras do Papa: “Por outro lado, de nada nos servirá um olhar puramente sociológico, que poderia pretender abarcar toda a realidade com sua metodologia supostamente neutra e asséptica. O que quero oferecer se configura melhor com a linha de um discernimento evangélico. É o olhar do discípulo missionário, que se nutre da luz do Espírito Santo”. E acrescentou mais adiante que, seguindo a Francisco, “a dignidade da pessoa humana e o bem comum estão acima da tranquilidade de alguns que não querem renunciar a seus privilégios… é necessária uma voz profética”. 

 

Algumas reformas 

restau 650
Frei Nicolás (Prior Procincial da Província Santa Rita de Cássia), 
Frei Miguel Miró (Prior Geral da Ordem dos Agostinianos Recoletos) e
Frei Francsco Sevolani Botacin, membro da Comissão

 

Entre os temas que mais apareceram nas respostas estão: a necessidade de preparar um projeto de Ordem, o envolvimento pessoal de cada religioso neste processo de conversão pessoal, comunitária e pastoral, a formação dos leigos e a missão partilhada com eles, a reorganização das casas de formação, a importância da formação contínua e a reorganização das estruturas da Ordem quanto ao número de províncias. A grande maioria das respostas propõe uma mudança da situação atual e predomina a opção de que sejam apenas quatro. 

A tarefa da comissão chegou ao seu final, mas o trabalho não está concluído. As propostas elaboradas pela comissão serão enviadas ao prior geral e seu conselho. Estes farão os estudos e as análises que julgar convenientes e os dará a conhecer aos religiosos da Ordem. O caminho vai se vislumbrando. Agora compete aos religiosos, os protagonistas chamados a viver como agostinianos recoletos, se disporem a percorrê-lo com esperança, alegria e coragem para corresponder ao que Deus quer deles neste momento da historia.

 

- leia mais em: Papa Francisco abençoa os agostinianos recoletos

 .............................................................................................................................

 

Cultura do encontro fraterno

miguel miro 200Roma, Itália
Carta do Prior Geral

Frei Miguel Miró fala sobre a quarta reunião da comissão para a revitalização e reestruturação da Ordem. Foram sugeridos três pontos concretos, que são os propostos pelo Papa Francisco a toda a Igreja na Exortação Evangelii gaudium.

Ao começar a quarta reunião da comissão para a revitalização e reestruturação da Ordem, celebrada em Roma na metade de janeiro, convidava aos reunidos a ter uma mentalidade aberta e a olhar para o futuro com renovada esperança confiando na Providencia do Senhor. Sugeri-lhe como chave para nossos trabalhos aplicar à Ordem três pontos concretos propostos pelo Papa Francisco a toda a Igreja na Exortação Evangelii gaudium, que a mim me questionaram e me ajudaram a compreender melhor o processo de renovação da OrdemConvido a todos a aplicá-los às vossas comunidades paroquiais ou educativas.

evangelii gaudium 310 Exortação-Apostólica-Evangelii-Gaudium 305 

 

Primeiro: a pastoral em chave de missão pretende abandonar o cômodo critério do «sempre se fez assim». Exorto a todos a ser audazes e criativos nesta tarefa de repensar os objetivos, as estruturas, o estilo e os métodos evangelizadores das próprias comunidades. Uma postulação dos fins sem uma adequada busca comunitária dos meios para alcançá-los está condenada a converter-se em mera fantasia 

Segundo: Hoje é costume falar de um «excesso de diagnóstico» que nem sempre está acompanhado de propostas superioras e realmente aplicáveis. Por outro lado, também de nada nos serviria um olhar puramente sociológico, que poderia ter pretensões de abarcar toda a realidade com sua metodologia supostamente neutra e asséptica. O que quero oferecer vai além da linha de um discernimento evangélico. É o olhar do discípulo missionário, que se «alimenta da luz e com a força do Espírito Santo». 

Terceiro. O parágrafo “O bem comum e a paz social” me fez pensar que o bem da Ordem não pode reduzir-se à tranquilidade ou a um estilo de vida sem sobressaltos, enquanto os demais sobrevivem como podem. “A dignidade da pessoa humana e o bem comum estão acima da tranquilidade de alguns que não querem renunciar a seus privilégios. Quando estes valores se vêm afetados, é necessária uma voz profética” (218). Enumero os quatro princípios que o Papa relaciona com a paz social. Com simplicidade, eu os aplico à Ordem. Estes princípios orientam especificamente a convivência fraterna e a construção de uma comunidade “onde as diferenças se harmonizam em um projeto comem”.  São estes:

 

trio 650

Frei Nicolás, Prior Provincial; Frei Miguel Miró, Prior Geral;
Frei Francisco integra a equipe de trata da revitalização e estruturação
da Ordem dos Agostinianos Recoletos

O tempo é superior ao espaço. Trabalhar a longo prazo sem obsessão pelos resultados imediatos. Isto ajuda a suportar com paciência situações difíceis e adversas, ou às mudanças de planos que impõem o dinamismo da realidade. “O tempo rege os espaços, os ilumina e transforma em elos de uma cadeia em constante crescimento, sem caminhos de retorno”. “Nada de ansiedade, mas de convicções claras e tenacidade”.

O tempo é superior ao espaço

 

A unidade prevalece sobre o conflito. “O conflito não pode ser ignorado ou dissimulado. Precisa ser assumido. Mas se ficamos presos a ele, perdemos perspectivas, os horizontes ficam limitados e a própria realidade fica fragmentada. Quando nos detemos na conjuntura conflituosa, perdemos o sentido da unidade profunda da realidade”. Há quem passa ao largo, quem fica amarrado… há uma terceira opção: aceitar sofrer o conflito, solucionando-o e transformando-o em um elo de um novo processo. A diversidade se converte em uma riqueza. (224-230).

A unidade prevalece sobre o conflito

 

A realidade é mais importante que a ideia. A realidade simplesmente é; a ideia se elabora. Entre as duas se deve instaurar um diálogo constante, evitando que a ideia termine separando-se da realidade. É perigoso viver atendo-se ao reino da palavra, da imagem, do sofisma. Conhecemos pessoas que teorizam sem cessar, mas uma coisa é pregar e outra dar trigo.

A realidade é mais importante que a ideia

 

O todo é superior à parte. Entre a globalização e a localização também se produz uma tensão. Podemos aplicar à tensão: o mundo e minha nação, a Ordem e minha província, a província e minha comunidade, a comunidade e minha conveniência… Prestar atenção ao global sem perder de vista o local. As duas coisas unidas impedem cair nos extremos: a abstração da Ordem admirando os fogos artificiais do mundo que é de outros, com a boca aberta e aplausos programados; e o outro extremo, que minha comunidade ou província se converta em um museu folclórico de eremitas localistas, condenados a repetir sempre as mesmas coisas, incapazes de deixar-se interpelar pelo diferente e de valorizar a beleza que Deus faz jorrar além dos limites.

O todo é superior à parte

 

A renovação da Ordem é um trabalho lento e árduo que exige querer integrar-se e aprender a fazê-lo a ponto de desenvolver a cultura agostiniana do encontro fraterno: ter uma só alma e um solo coração dirigidos para Deus.

 .............................................................................................................................

 

Frei Gustavo na paróquia Sagrado Coração de Jesus

fr gustavo01 200Paróquia Sagrado Coração de Jesus
Franca-SP

Paróquia Sagrado Coração de Jesus acolhe com carinho a Frei Gustavo Barbiero Mello, que neste mês de janeiro estará conosco. Agradecemo-lo pelo carinho e dedicação para com todos os fiéis de nossa paróquia, pedimos a Jesus e Maria que o proteja nesta missão tão abençoada que o Pai lhes confiou.

 

fr gustavo02 650

fr gustavo03 320 ..........

 

 

fr gustavo04 320

Frei Gustavo

na matriz da paróquia

Sagrado Coração

de Jesus


 

fr gustavo05 650

Vambléia Sarroche

 .............................................................................................................................

 
Somos monjas Agostinianas Recoletas

monjas02 200Monjas Agostinianas Recoletas
Guaraciaba do Norte, CE

Nossa Comunidade de Guaraciaba do Norte, conta graças a Deus com13 irmãs que convocadas por Deus estamos aqui orando pela humanidade inteira.

Como Ordem religiosa somos pouco conhecidas no Brasil, embora tenhamos o mesmo tempo de fundação que nossos irmãos Agostinianos Recoletos 425 anos de presença na Igreja, no Brasil somente chegamos provenientes do México em 2003, em nossos quase 11 anos de fundação viemos caminhando junto com a Igreja que peregrina em este belíssimo país temos aprendido muito e graças a Deus vemos com alegria que o futuro nos sorri. Porém, muitos de vocês estarão se perguntando: 

 

monjas01 650

 

E, o que é ser monja? Muitos como você se fazem esta pergunta, ou outras perguntas parecidas. Por que há mulheres e homens que escolhem viver na clausura, tendo tanto apostolado por fazer lá fora dos muros dos mosteiros? E a surpresa que muitas pessoas levam é a de comprovar que por trás dos muros dos mosteiros se encontram pessoas jovens, que sabem sorrir e chorar, que conversam, se questionam, que fazem amizades, em fim que são pessoas totalmente normais. Toda vocação é um mistério, e um dom de Deus, e a vida contemplativa por mais difícil de entender tem sua função na Igreja e no mundo.
 

A vida das monjas é muito simples, fica dividida em tempos de oração, trabalho e vida comunitária, aliás, toda nossa vida, todo nosso ser e fazer estão orientados a viver nessa continua união com Deus pela oração. Com nosso trabalho e oração ajudamos na construção do reino de Deus, vivemos nossa vida no claustro na  nossa vocação-missão de morar no coração da Igreja com a única razão de fazer chegar a vida de Cristo a todo o povo de Deus.  

Desde aqui, nossa oração para todos e, é um prazer estar aqui nesta página informativa. Esperamos estar aqui outras vezes, partilhando com vocês a alegria de servir o Senhor.
  

Contem com as nossas orações.

 

 Monjas Agostinianas Recoletas.

Guaraciaba do Norte, CE 

 

Conheça-nos: Mosteiro Nossa Senhora de Guadalupe

Guaraciaba do Norte, Ceará, Brasil.

Fone:(88) 9736-14 44.

 .............................................................................................................................

 

Missa com as Mães de Santa Mônica em Castelo-ES

monica02 200Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES

NO DIA 27 DE JANEIRO DE 2014 ACONTECEU EM CASTELO-ES A MISSA COM AS MÃES DA ASSOCIAÇÃO DE MÃES CRISTÃS DE SANTA MÔNICA.

ESTAS MÃES, A EXEMPLO DA MÃE DE SANTO AGOSTINHO, ORAM SEM CESSAR NA INTENÇÃO DE SEUS FILHOS. 

A ASSOCIAÇÃO É FORMADA POR GRUPOS DE 7 MÃES ORANTES QUE REZAM DIARIAMENTE EM CASA E UM DIA POR SEMANA, DIANTE DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO, PELA CONVERSÃO E SANTIFICAÇÃO DOS FILHOS.

 

 monica01 650

REZEMOS PARA QUE NOSSOS FILHOS E FILHAS POSSAM SER INTEIRAMENTE DE CRISTO.

 

Mais fotos em: 

https://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn#!/frades.agostinianosrecoletos/media_set?set=a.223114474544295.1073741864.100005372317314&;;type=1 

 

Frei Ricardo, OAR

 .............................................................................................................................

 

Convite dos 90 anos da Paróquia São João Batista em Muqui-ES

convite 200Paróquia São João Batista
Muqui-ES

A missa em comemoração aos 90 anos da Paróquia São João Batista de Muqui - ES é no dia 23 de fevereiro às 9h. Frei Gracione convida e conta com a presença de todos! Veja o convite abaixo:

 

Paz e bem!

 

Convido a todos para participarem da missa em comemoração aos 90 anos da Paróquia São João Batista de Muqui - ES no dia 23 de fevereiro às 9h.Conto com a presença de todos! Abraço fraterno em Cristo Jesus e nos ajudem a divulgar esta celebração!

 

convite 650

 

Frei Gracione, OAR

 .............................................................................................................................