A Prelazia de Lábrea

prelaziaB00 200Outubro, mês missionário
Dia 5 de outubro – dia de Lábrea

A Prelazia de Lábrea foi criada no dia 01 de maio de 1925, pelo Papa Pio XI, com território desmembrado integralmente da então Diocese do Amazonas (hoje Arquidiocese de Manaus).

Foi confiada pela Santa Sé aos cuidados da Ordem dos Agostinianos Recoletos. Atualmente o Bispo Prelado é Dom Jesus Moraza Ruiz de Azúa, O.A.R., desde o ano de1994. Também trabalham como missionários 11 sacerdotes (03 diocesanos e 08 religiosos), 13 religiosos(as) de diferentes congregações. Possui mais de 230.000 km2, com pouco mais de 80.000 habitantes, que são em sua maioria mistura de indígenas, brancos e negros. Atualmente tem aproximadamente 5.000 indígenas espalhados pela mata.

prelaziaB01 200< trabalho na marcenaria

As carências mais clamorosas presentes nesta terra são a triste realidade de meninos subalimentados, advindos de famílias desestruturadas, cujas moradias são precárias e, em sua maioria, vivem à margem do desemprego e descaso social, o que contribui de forma relevante para a grande quantidade de adolescentes e jovens em situação de abandono e envolvidos na droga, bebida, prostituição e violência. Há ainda um alto índice de analfabetismo, que junto aos ribeirinhos e indígenas vivem num triste abandono, todos à mercê de um serviço precário de saúde, que se torna ainda mais ineficaz pela quantidade de casos de doenças tropicais como malária, hepatite, além dos remanescentes casos de hanseníase.

Na tentativa de amenizar a situação de subalimentação, contamos com a presença e serviço da Pastoral da Criança, que atende mais de 5.000 crianças de 0-6 anos com suas respectivas famílias. A mortalidade infantil tem decaído muito nestes últimos anos reconhecidamente pela atenção dada por esta Pastoral.

Respondendo à necessidade de melhor atenção à educação, a Prelazia mantém, junto ao governo, 03 escolas as quais atendem aproximadamente 5.000 alunos. E para atender aos adolescentes e jovens abandonados e carentes a Prelazia conta com os Centros Esperança, que mesmo em dificuldades financeiras para manter seus serviços, uma vez que estes são sustentados por doações de benfeitores, ainda assim conseguem atender aproximadamente 700 adolescentes e jovens, nas cidades de Lábrea, Tapauá e Pauiní.

prelaziaB02 650

Grupo geral de jovens que são acolhidos no centro esperança de Lábrea

prelaziaB03 200<  voluntária do projeto atendendo uma idosa em casa

Porém, para atender às necessidades mais urgentes de algumas famílias cada paróquia procura ajudar na reforma e construção de casas (Projeto Terra solidária). As ajudas chegam de amigos e benfeitores do Brasil e, principalmente da Espanha. Atualmente, a maioria das casas se encontra na Cidade de Lábrea (140 casas). Cada uma, custa em torno de 7.000,00 reais; e o nome do doador é colocado na frente da mesma. Todas as famílias atendidas por esse projeto são muito agradecidas a Deus, à Prelazia e a todas as pessoas que fazem suas doações.

Para atender à situação de abandono de ribeirinhos e indígenas contamos hoje com a CPT ou Pastoral da Terra, a Pastoral Indigenista e a Pastoral das curvas (Projeto de evangelização realizado nas comunidades do rio Purus e seus afluentes). A Pastoral da Terra busca dar uma atenção especial aos trabalhadores rurais, organizando suas comunidades, apoiando seus sindicatos e outras organizações, promovendo a preservação de rios e lagos, mediando em situações de conflito, promovendo a geração de renda.

prelaziaB04 650

visão panorâmica de algumas casas do projeto

prelaziaB05 200<  Frei Gustavo durante a celebração eucarística

A Pastoral Indigenista atende em torno de 5.000 indígenas de 11 denominações, pretende apoiar os povos indígenas da região, promovendo sua organização, saúde, educação, auto-sustentação e demarcação de suas terras. A Pastoral das curvas, por sua vez, realiza um trabalho por paróquias, no qual cada paróquia mantêm uma equipe de 03ou 04 pessoas que num barco visitam as comunidades ribeirinhas de seu respectivo território (aproximadamente 50 a 60 comunidades em cada paróquia) animando sua vida, orientando sua organização, incentivando à educação, saúde, etc., e levando, uma vez ao ano, os sacramentos a todos os irmãos. Além destes, há também o Barco hospital “laguna negra” que atende as comunidades ribeirinhas do Rio Purus, dentro do território da Prelazia de Lábrea, desde Pauini até Tapauá, também uma vez ao ano com médico e dentista.

prelaziaB06 650

visão panorâmica do barco onde se fazem os atendimentos

Queridos irmãos, este é um pouco do trabalho que realizamos nesta terra. Gostaríamos de pedir nesse mês missionário as vossas orações por todos aqueles que doam suas vidas nessa grande terra de missão. Devido às muitas dificuldades financeiras que passa nossa Prelazia de Lábrea, gostaríamos de contar com vossas doações para mantermos nosso trabalho de evangelização. Que Deus lhes abençoe cada vez mais e lhes retribua em dobro toda a ajuda à nossa Prelazia e que a virgem Mãe de Nazaré interceda por vós junto ao seu Filho Jesus Cristo.

Missionários – Prelazia de Lábrea