Retiro Anual 2018 - Província Santa Rita de Cássia


todos 200Retiro Anual 2018
Serra da Piedade, Caeté, MG

 

Convocados pelo prior provincial, frei Nicolás Péres-Aradroz Rubio, a Província Santa Rita de Cássia realizou os Exercícios Espirituais Agostinianos Recoletos anuais 2018 – Retiro Anual da Província -, para todos os religiosos, na Casa de Retiro Monsenhor Domingos, na Serra da Piedade em Caeté, MG, dirigido por dom Santiago Sánchez Sebastián, agostiniano recoleto, bispo da Prelazia de Lábrea, que com o tema "O Discípulo Amado", incentivou todos a viveram o Ano da União das Províncias.

 

serra da piedade 650

Serra da Piedade e os religiosos do retiro diante do Santuário no topo da serra

todos serra2 650

 

Os exercícios espirituais agostinianos recoletos – Retiro Anual 2018 – da Província Santa Rita de Cássia aconteceram entre os dias 02 e 06 de julho na Casa de Retiro Monsenhor Domingos, na Serra da Piedade, em Caeté, Minas Gerais. Os exercícios espirituais foram dirigidos por dom Santiago Sánchez Sebastián, agostiniano recoleto, bispo da Prelazia de Lábrea, Amazonas, Brasil, cujo tema este ano é “O Discípulo Amado”.

 

material 650

O material de referência para os exercícios espirituais e o retiro edição 2018,

dom Santiago Sánches Sebastián com o tema do Discípulo Amado

dom santiago exp 650

discipulo amado 650

 

Dom Santiago, em exposições diárias no período da manhã e da tarde, orientou as reflexões sobre O Discípulo Amado com exemplos concretos de como ser – e como não ser – um discípulo amado. Foram cinco dias de muita oração e fraternidade. Como 2018 é o Ano da União das Províncias na Ordem, dom Santiago também colocou o tema do discípulo amado na perspectiva da vivência concreta na união sendo, assim, todos os frades multiplicadores do Amor de Deus.

 

2018 ano da uniao 650

 

Durante o retiro, duas datas de aniversários foram celebradas: os 9 anos da ordenação presbiteral de frei Helton Pimenta Fernandes no dia 4, quarta-feira, e os 5 anos da ordenação presbiteral de frei Gustavo Barbiero Mello no dia 6, sexta-feira. Outros dois frades foram lembrados de maneira muito especial: Frei José Luiz Gonzaga, falecido no dia 23 de abril de 2018 e Frei Evandro Antônio Ferreira da Silva, falecido no dia 02 de outubro de 2017.

 

Os religiosos que fizeram o retiro foram:

 

De Lábrea, Amazonas: Dom Santiago Sánchez Sebastián (diretor do retiro, agostiniano recoleto e bispo da prelazia de Lábrea).

 

Do Estado de São Paulo: De Ribeirão Preto: Frei Nicolás Pérez-Aradros Rubio, Frei Sérgio Peres de Paula, Frei José Roberto Mason, Frei Antônio Leopoldo Sarroche Filho, Frei André Pereira de Arruda, Frei Celso Moreira Júnior; De Franca: Frei Didier Esperidião Neto, Frei Laércio Rodrigues da Cruz, Frei Afonso de Carvalho Garcia, Frei Rodolfo Werneck Pereira, Frei José Carlos Jacinto Barbosa, Frei Wesley Silva Rosa, Frei Edmilson Vidal, Frei Ricardo Alberto Dias, Frei José María Naranjo Venegas (frade da Provínica São Nicolau de Tolentino servindo temporariamente na Província Santa Rita de Cássia); De Igarapava: Frei Antônio Benedito Stéfani; Da Cidade de São Paulo: Frei Antônio Jacintho Gomes Junqueira, Frei Ademir Garcia, Frei Geraldo Inácio, Frei Pedro Santos da Silva, Frei Luiz Alberto Cruz da Silva.

 

Dos Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo: Da Cidade do Rio de Janeiro: Frei Frei Helton Pimenta Fernandes; De Vitória, ES: Frei Agostinho Morosini, Frei Sérgio Sambl, Frei Raimundo Nonato de Oliveira; De Cachoeiro de Itapemirim, ES: Frei Silvestre Brunoro, Frei Eneas Berilli, Frei João Constantino Junqueira Netto, Frei Gustavo Barbiero Mello; De Castelo, ES: Frei Mário Aparecido, Frei Ademildo Gomes, Frei Fábio Freire Nôcal; De Muqui, ES: Frei Jonas Gusson, Frei Egisto Cansian, Frei Domingos Sérgio Gusson.

 

todos 650

 

Os religiosos começaram a chegar no domingo, dia 1, foram recepcionados com as boas-vindas e, à noite, participaram do jantar comunitário. No dia seguinte foi entregue o material, que são os livrinhos, como o Manual do Pregador, Lectio Divina, Oficinas de Oração etc.

 

De segunda à sexta as atividades do dia foram as seguintes: início com a oração às 7h00 - Ofício das Leituras, Laudes e meditação comunitária. Depois do café da manhã - em clima de silêncio – o dia progredia com a primeira das reflexões sobre o tema do discípulo amado, e em seguida a exposição ao Santíssimo Sacramento com meditação pessoal. A manhã era encerrada com a visita ao Santíssimo, bênção do Santíssimo e a oração da Hora Intermédia, seguida do almoço.  

 

adoracao 550

 

Durante a refeição do meio-dia os frades saborearam igualmente a leitura piedosa da vida de um de nossos alicerces espirituais da Ordem, e depois da leitura, uma música suave acompanha o momento até terminar a refeição. No período da tarde, as atividades específicas do retiro iniciavam às 14h30, com a continuação da exposição sobre o tema do retiro. Terminada a exposição vinha o tempo de reflexão pessoal. A celebração da Eucaristia foi rezada todos os dias às 18h00.

 

O jantar, também em silêncio e acompanhado de música suave depois da leitura piedosa, abria a noite, que continuava às 20h00 com momento de espiritualidade OAR, geralmente um momento mariano. A seguir, o silencia indicava o término das atividades do dia.

 

Quinta feira, dia 5, foi o “dia da cruz” e dia da penitência. Sempre no quarto dia dos exercícios espirituais é dada uma atenção específica à Cruz de Cristo e toda sua riqueza salvadora pela obra de vida, morte de ressurreição de Nosso Senhor. No “dia da cruz”, os frades têm a oportunidade de aprofundar a caminhada da fé pelo amor salvífico de Deus e podem se confessar e atender confissão dos demais. O momento para a reflexão aconteceu no Santuário de Nossa Senhora da Piedade, no topo da Serra da Piedade, em celebração realizada às 10h30. A paraliturgia foi conduzida por fr. Didier Esperidião com reflexão homilética “O Discípulo Amado” feita por dom Santiago. Os religiosos tiveram a oportunidade de se confessar e atender confissão durante o dia.

 

dia da cruz penitencia

 

As celebrações da Eucaristia, sempre às 18h00, foram presididas todos os dias pelo bispo dom Santiago e acompanhado no presbitério por frei Geraldo e um outro religioso da província: na segunda-feira, frei Enéas Berilli; na terça-feira, frei José María Naranjo; na quarta-feira, frei José Carlos; na quinta-feira, frei Agostinho Morosini; na sexta-feira, frei Nicolás Pérez-Aradros Rubio, na missa votiva de Nossa Senhora do bom Conselho. Os frades fizeram a Renovação dos Votos durante a celebração na sexta-feira. Duas intenções foram colocadas de maneira muito especial e saudosa: Frei José Luiz Gonzaga, falecido no dia 23 de abril de 2018 e Frei Evandro Antônio Ferreira da Silva, falecido no dia 02 de outubro de 2017. No final da celebração, frei Nicolás agradeceu a todos, de maneira específica dom Santiago pela sua disponibilidade, lembrou de nossos falecidos desde o retiro do ano passado e desejou boa viagem de retorno a todos os religiosos.

 

homilia 650


Dom Santiago, durante uma de suas homilias

e frei Nicolás, prior provincial, agradecendo a todos os participantes

nicolas agradecimento

 

As responsabilidades litúrgicas foram assim distribuídas: segunda-feira, o secretariado de espiritualidade; terça-feira, o secretariado de formação inicial e promoção vocacional; quarta-feira, o secretariado de apostolado e juventude; quinta-feira, a equipe de comunicação e o conselho de economia; sexta-feira, o Conselho Provincial e o pregador do retiro.

 

A missa de encerramento do retiro 2018 na sexta-feira foi seguida do jantar de confraternização. Os religiosos iniciaram o retorno às suas comunidades a partir do início do dia seguinte, sábado dia 7. 

Revigorados pelo poder do Espírito Santo, estamos mais confiantes para viver a união das províncias e levar para casa a bagagem tão rica da espiritualidade agostiniana. Procuraremos viver mais intensamente na prática o que nos foi transmitido, horando o fato de sermos convidados a ser um discípulo amado, e transmitir aos outros o que nós recebemos, tornando-nos, também, um discípulo que ama.

 

todos 650

 

Os temas refletidos a cada ano, desde o início da nova proposta para os exercícios espirituais, são os seguintes: 

Comunidade (2014) 

Interioridade (2015) 

Discernimento (2016) 

Evangelho de São João e os 7 “Eu Sou” de Jesus (2017)

O Discípulo Amado (2018)

Tema dos exercícios espirituais para 2019: Comunhão (Carta aos Romanos)

O material é composto por Exercícios Espirituais e pelas Oficinas de Oração. Elas são duas práticas independentes uma da outra. 

O subsídio para os Exercícios Espirituais é para ser usado na pregação de retiros, desde o formato de um dia até o formato que comporta cinco dias de duração, dependendo da realidade do público alvo: religiosos, seminaristas, leigos, membros das Juventudes Agostinianas Recoletas (JARs), Fraternidades Seculares Agostinianas Recoletas (FRASARs), professores dos colégios agostinianas, funcionários e fiéis em geral.

As Oficinas de Oração têm o formato de Lectio Divina e podem ser usadas durante o ano todo. Cada Lectio Divina acompanha os temas específicas do dia. As Oficinas de Oração são usadas fora dos retiros, e já são realizadas nos diversos ambientes onde nossa espiritualidade está presente.

 

 

Fraternalmente, frei Mason