Os padres são pessoas felizes

  • Imprimir

padres 250Vocação
Oração da Felicidade

 

Os sacerdotes católicos são cerca de 413.000 no mundo.

 

E eles são felizes ! 

 

Neste primeiro domingo do mês vocacional, recordamos os vocacionados para o ministério ordenado – diáconos, padres e bispos. 

Veja o vídeo que fala da felicidade dos padres:

 

padres02

 

aspas1 50A FORMAÇÃO FORA DA VOCAÇÃO IMPEDE O PRAZER, CRIA BLOQUEIOS E UMA PERENE INSATISFAÇÃO HUMANA.


Toda vocação é divina, torna-se uma profissão, para dar sustentação a pessoa e ao mesmo tempo prazer e equilibro em nosso dia a dia.

padres03 650



A vocação é algo que brota dos mais intimo humano, é algo que existe para servir no núcleo de uma sociedade, fazendo que ela cresça em harmonia e bom entendimento Entre os seus convivas.

Uma profissão fora da vocação, cria sofrimento, angustia e outros desprazeres que ao longo do tempo transforma em enfermidades e até um descontrole psíquico humano.
Qualquer profissional que não identificar com aquilo que faz, naturalmente tratará os seus clientes com desdém e um eminente desprezo.

Neste caso, o foco dele será sempre o crescimento econômico, o seu trabalho estará ausente de um calor humano, ou seja o seu cliente será sempre um objeto, onde ele não vê no outro uma dimensão humana e muito menos afetiva.

Não é novidade nenhuma encontrar em nossa sociedade, inúmeros profissionais que não identificam com o que faz, e dentro desta classe, temos políticos, advogados, médicos, religiosos e outros seguimentos profissionais.

padres04 500



Já é hora de nossos governantes pensarem em implantar nas escolas de ensino médio um sistema de avaliação vocacional, onde o aluno passará por testes aonde vem identificar a sua verdadeira vocação.

O que nos temos visto ultimamente, são aluno optando por determinado curso, com uma visão puramente econômica, ou seja, vou fazer este curso porque assim eu vou ganhar muito dinheiro, como se o dinheiro fosse criar nele a plenitude da felicidade.

Outros fatores que temos visto também são as intervenções dos pais diante dos filhos, incentivando os mesmos a seguirem a sua carreira profissional, mesmo que o filho não identifique nada com a mesma.

padres05 500



Qualquer profissão fora da afetividade e do calor humano torna-se amarga, criando um câncer na alma. Como um verdadeiro câncer, a amargura se multiplica e invade o coração, ferindo e infectando-o. As conseqüências de um coração ferido são bem conhecidas; timidez, agressividade, sentimento de culpa, complexos, medos, traumas, instabilidade emocional, vícios, dureza de coração, desejo de vingança, indelicadeza, especialmente com aqueles que nos são mais próximos.aspas2 50

 

Expedito Scheffer Pereira-Palestrante
Teólogo/Psicanalista- 27 999072739
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Oração da Felicidade

do Papa Francisco

padres01 650

 

Coletânea: frei Mason, OAR