Crônica do Encontro da Comissão de União das Províncias (CUP)

cup00 200Ordem dos Agostinianos Recoletos
Espanha

 

As reuniões do Encontro da Comissão para a União das Províncias (CUP) Santa Rita de Cássia, São José e Santo Tomás de Vilanova se desenvolvem em Monachil, Granada, Espanha, entre os dias 04 e 10 de dezembro. Veja aqui a primeira crônica do encontro, escrita por frei Nicolás (Nicolau) Pérez-Aradros Rubio, prior provincial da Província Santa Rita de Cássia.

 

cup01 650
Participantes do encontro da Comissão de União
das Províncias Santa Rita, Santo Tomás e São José
(Prior Geral da Ordem, integrantes da Comissão e convidados para as reuniões)

 

cup03 650
Prior Geral da Ordem e religiosos integrantes da Comissão de União
das Províncias Santa Rita, Santo Tomás e São José

 

"Iniciamos na segunda-feira dia 04 com a abertura e palavras do prior provincial acolhendo e agradecendo a presença de todos. A ordem está imersa no processo de reestruturação em função da sua revitalização e fidelidade ao anuncio do evangelho. Revitalizar significa que nossas comunidades tenham uma atitude mais evangélica e evangelizadora. Nossa dificuldade maior está na espiritualidade, entrega, disponibilidade e também na acomodação. Temos que começar a pensar como uma província unida, vendo o que cada um de nós podemos contribuir para a união. Criar uma mentalidade de província que amplie minha visão só de comunidade. Ver a riqueza de cada uma das três províncias e incorporá-la na união. É tarefa de todos. A união nos tem que ajudar a melhorar.

 

Segundo ponto. Numero 378 das Constituições, as províncias parte da Ordem devem se sentir implicadas nos trabalhos da Ordem como um todo. O texto anterior deve ser completado com o número 372 onde fala da autonomia de cada província com suas caraterísticas. Contar com a diversidade de cada religioso e de cada província para construir um projeto comum de Ordem. Nosso objetivo e modo de proceder é a comunhão que nos integra. Sinceridade e diálogo como instrumentos para construir esta comunhão.

 

Em terceiro lugar. Discernir a vontade de deus e tomar umas decisões para organizar a província de Santo Tomas de Vilanova. Pensamos que é o ouro que tem que mudar, temos que mudar todos, todos devemos assumir o processo de revitalização. Reconhecer, interpretar e escolher. Papa Francisco no número 51 da Evangelii Gaudium. Temos que reconhecer o estado da nova província, interpreta-lo e escolher, mesmo que sujeitos a errar. Não podemos desentender-nos daquilo que o Papa e a Igreja nos pedem no momento atual: uma Igreja em saída, disponibilidade missionária. Evangelii gaudium numero 2. Não se deixar levar pelo negativo, pessimismo. Necessidade de resgatar a “mística de viver juntos” EG 87.

 

O objetivo de estarmos reunidos como nos pede o Projeto de vida e Missão da Ordem: Preparar o processo de união e o capitulo provincial; preparar o projeto de reestruturação da província; e o projeto de vida e missão da nova província.

 

Necessitamos confiança dialogo, ser criadores de comunhão."

 

cup02 650
Frei Nicolás 
(Nicolau) Pérez-Aradros Rubio (prior provincial da Província Santa Rita de Cássia),

frei Daniel Ayala (prior provincial da Província São José), frei Miguel Miró (prior geral da Ordem)

e frei Carlos María Dominguez (prior provincial da Província Santo Tomás de Vilanova)

 

 

Frei Nicolás (Nicolau) Pérez-Aradros Rubio,

prior provincial da Província Santa Rita de Cássia.

Edição: Frei Mason