Frei Gustavo despede-se de Lábrea

gustavo00 200Prelazia de Lábrea
Lábrea-AM

Após três anos residindo em Lábrea fazendo parte da comunidade dos Freis Agostinianos Recoletos que atendem a Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, Frei Gustavo Barbiero Mello retornou na última segunda-feira (29) à Província Santa Rita de Cássia, sua Província de origem.

            Frei Gustavo chegou como diácono para uma experiência nesta terra de missão, que o acolheu com muito carinho, e aqui vivenciou suas primeiras e marcantes experiências como sacerdote do Senhor, a serviço de sua Igreja presente na Prelazia de Lábrea.

            Durante esse período ele trabalhou diretamente com a Pastoral do Dízimo, a Pastoral da Comunicação (PASCOM), o Movimento Encontro de Casais com Cristo (ECC) e no Centro Esperança de Lábrea. Com sua força jovem e seu dinamismo contribuiu bastante com ideias inovadoras para a melhoria do desenvolvimento dos trabalhos já realizados nas referidas pastorais e movimentos.

gustavo01 650

O Centro Esperança foi onde ele mais atuou junto aos orientadores, crianças e adolescentes que fazem parte do projeto da Prelazia, na coordenação dos trabalhos que tem como objetivo a prevenção contra situações de risco e vulnerabilidade social.

Ao longo desses anos Frei Gustavo conquistou o carinho e amizade do povo labrense com seu jeito de ser alegre e contagiante, como também com seu estilo carismático de celebrar e pregar com eloquência.

 gustavo02 650

Nos últimos meses o clima de despedida tomou os corações das pessoas e do próprio Frei, e foram sem dúvidas dias de “nós-na-garganta”, corações apertados e até mesmo entristecidos… As comunidades, grupos e pessoas amigas aproveitaram os últimos dias para juntos confraternizarem e vivenciarem momentos celebrativos de despedidas para guardarem no coração e na memória.

Assim, no último domingo (28), a Paróquia dedicou uma celebração em nível paroquial para a comunidade labrense despedir-se do querido Frei Gustavo, a qual foi presidida por ele mesmo, em concelebração com Frei José Garcia (administrador paroquial), Frei Edgar Omar e Frei Geraldo Inácio.

A catedral estava lotada de fiéis e a celebração foi marcada por momentos de emoção. Durante a homilia Frei Gustavo agradeceu pela grande família que encontrou e que o acolheu durante esses anos na Paróquia e Prelazia de Lábrea, família essa que ele levará sempre em seu coração.

gustavo03 650

No momento das homenagens, foram-lhe dirigidas mensagens de gratidão e amizade por pessoas amigas que queriam lhe dispensar palavras de reconhecimento pela sua importância para nós, como o grupo de animação da liturgia: Francisco Albuquerque, Anderson, Jucy e companhia; Valdir, do ECC; Elias Souza, da comunidade Nossa Senhora Aparecida; e Marlison, do grupo de vôlei. Na ocasião, Frei José também lhe dirigiu uma mensagem de agradecimento, desejando-lhe uma feliz missão em seu novo destino e em seguida entregou-lhe um precioso cálice de presente em nome da paróquia.

Após a missa houve no pátio da Escola Santa Rita um coquetel de confraternização e despedida com os membros dos conselhos das comunidades da paróquia e alguns amigos mais próximos de Frei Gustavo. Apesar do clima já de nostalgia, não deixou de ser um encontro fraterno, de partilha das alegrias e dos bons momentos vividos juntos.

gustavo04 650

E porque somos conscientes de que “missão é partir, é caminhar, é deixar tudo, sair de si, quebrar a crosta do egoísmo que nos fecha no nosso eu” (Dom Helder Câmara), desejamos uma feliz missão para Frei Gustavo nessa nova etapa de sua vida, pois como diz a frase de Dom Luciano Mendes: “Onde há povo, há missão. Onde há missão, há razões para ser feliz”.

Fica aqui registrado nosso carinho e gratidão por tudo o que ele representa e continuará representando para nós. Que Deus abençoe hoje e sempre sua vida, vocação e missão.

 gustavo05 650

Frei Gustavo foi transferido para a cidade de Cachoeiro do Itapemirim (ES), aonde além de vigário paroquial trabalhará como promotor vocacional da Província Santa Rita de Cássia, da Ordem dos Agostinianos. Sem dúvida nenhuma seu testemunho atrairá muitos jovens para as vocações específicas da Igreja, principalmente para a vocação sacerdotal e religiosa de carisma agostiniano.

Marcelo Viana – Coordenador do COMIPA/LÁBREA
Fonte: Site da Prelazia de Lábrea
Edição: Frei Mason